Viagem à descoberta da China

Esta viagem ao oriente que passamos a relatar neste blog de viagens falará um pouco da nossa relacão com as culturas milenares do oriente e novas transformacões e relacionamentos,

estes momentos peculiares simbolizaram para nós viajantes o (re)conhecimento do encontro do oriente com o ocidente, da pimenta com o limão, do mandarim e latin, dos cheiros dos incensos doces e amargos, da tranquilidade e agitacão calorosa incansável,

uma descoberta sobretudo de nós mesmos, do nosso posicionamento no mundo, da nossa percepcão integrada das culturas e das pessoas…

o encontro entre o oriente e ocidente (julho 2014)

o encontro entre o oriente e ocidente (julho 2014)

No regresso da nossa expedicão e inesquecível experiência na China, deixo aqui as palavras, fotos e redaccão da primeira parte da nossa experiência pela voz da viajante amiga, companheira, meu amor, Janaina,

Luzes de pequim (junho 2014)

Luzes de pequim (junho 2014)

Estamos terminando nossa viagem a China. Passamos por Pequim, Macau e Hong Kong. Apesar destas cidades serem consideradas chinesas, elas tem perfis e organizações bem diferentes. Hong Kong é uma cidade de negócios regida por leis próprias. Macau é conhecida pelas Las Vegas asiática e até pouco tempo era de administração portuguesa, e também apresenta leis próprias. Pequim é a segunda cidade mais populosa da China, depois de Shangai.

IMG_2038

Pequim é uma cidade que cheira a especiarias, incenso e CO2. Uma cidade que se dividi entre o ritmo acelerado da modernidade, com seus iphones pensantes 24 horas ligados, e a calmaria de pessoas que sentam na calçada para conversarem ou simplesmente observarem a velocidade de seus transeuntes.

IMG_2025

Nos sentimos bem pequenos em meio a construções gigantescas, feitas para muita gente, e você é só mais um no meio daquela multidão. Os pontos turísticos são amarrotados de turistas, 99% chineses, e todos parecem bem ansiosos para verem coisas nos intervalos ou através de seus iphones.

IMG_2196

Para ir a Pequim você precisa saber algumas palavrinhas em chinês, pelo contrário você vai demorar muito a achar o caminho certo quando se perder pela cidade. Também para pedir alguma comida você vai gastar muito tempo escolhendo e tem uma grande probabilidade de errar no pedido. As comidas Chinesas que experimentadas em Pequim têm um sabor distinto do que conhecemos no Ocidente, pelo uso de pimenta mais intenso e outras especiarias que tornam a experiência do paladar única, contudo, é importante ir degostando gradualmente, sem exceder excessivamente nossos hábitos alimentares, pois como dizia o artista luso António Variacões: “Quando a cabeca não tem juízo, o corpo é que paga”… Numa noite de verão em Pequim conseguimos o apoio dum viajante estrangeiro que traduziu o menu de mais um dos muitos que restaurante que continha o menu unicamente em Mandarim… Por vezes esses menus têm fotos das comidas, no entanto, é difícil de adivinhar os condimentos de cada prato e que seleccionar… Desta vez experiênciámos um tofu cozido com cogumelos e feijão verde num fervedor de mesa que foi colocado num pequeno fogão a carvão mesmo em cima da nossa mesa, um modo de cozinhar que nunca havíamos visto!

IMG_1948

O Pato de Pequim é algo imperdível, pelo seu modo de confeccão e tempero, derrete-se na boca dos grandes apreciadores dos sabores exóticos do oriente… Este prato é cozinhado no forno, através duma técnica que deixa passar o ar entre a pele do pato, deixando esta bem crocante e corada… No restaurante mais famoso de Pequim para comer este prato, o bife de pato é colocado dentro dum crepe com uma espécie de alho francês e molho de soyo… não percam este experiência, sempre a dois pauzinhos! 🙂

IMG_2404

Mímicas ajudam muito em muitas situações. Mas não chegue ao desespero, não vale a pena, são situações muito engraçadas e os chineses estão sempre dispostos a ajudarem com um sorriso no rosto.

IMG_2600

Conhecemos o templo budista Lama no districto de Dongzechen. Perdidos entre muitas cores e cheiros, observarmos os turistas chineses fazendo oferendas para seus deuses. Uma linda experiência. A muralha da China é a representação do grande poderio imperial desses povos, uma construção que nos deixam extasiados em relação a capacidade humana.

IMG_2245

Estávamos ansiosos para conhecer a cidade proibida, um grande conjunto de palácios onde viviam os imperadores da China desde cerca de 1600. O imperador não podia sair da cidade, vivia ali com suas concubinas e seus súditos castrados.

Sala imperial da cidade proibida (Pequiim, junho 2014)

Sala imperial da cidade proibida (Pequiim, junho 2014)

Ele governava por meio de seus ministros que faziam o canal com o mundo exterior. Ali também viveu o famoso e adorado pelos chineses, o ditador Mao Tze Tung, que representa a história mais moderna da China, em que ocorreram transformações radicais.

IMG_2399

Pequim é assim, inexplicável, típico de uma cidade em desenvolvimento, com contradições difíceis de compreender. A cidade é coberta por um véu branco quase constante. O azul do céu é bem difícil de ver. O verão em Pequim é quente e o ar é geralmente seco, sendo recomendável e popular o uso duma boa sombrinha para proteccão contra a forte radiacão que se faz sentir nas longas filas de acesso à praca Tianemen…

Praca Tianemen num dia quente de verão ( junho 2014)

Praca Tianemen num dia quente de verão ( junho 2014)

Por outro lado a bicicleta é utilizada como transporte em massa. Os transportes públicos são impecáveis. Uma peculiaridade para não dizer preciosidade foi a ausência de violência na cidade, nós não nos sentimos nenhuma vez ameaçados. Acreditamos que existe pobreza mas deve está bem escondida.

IMG_1927

Chegamos de Pequim e já no aeroporto pegamos o ferry para Macau…

CONTINUA AMOR… VAMOS FAZER EM CONJUNTO…. BJ

About divingincommunities

Low cost traveler and engineer learning and working with commuties around the world; Enjoy very much to meet different people and cultural exchange!
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s